Cerca de 2.000 crianças e jovens são atendidos pelos projetos sociais que recebem apoio do Sada Cruzeiro em Minas Gerais. E nesta segunda-feira, 10/08, os gestores e os professores que se reinventam para manter as atividades durante a pandemia se reuniram com o Diretor Esportivo do time estrelado, Flávio Pereira, e o coordenador do projeto, Antonio Carlos Mota. Eles trocaram experiências e receberam o incentivo do dirigente, que assegurou o objetivo de manter todos os projetos quando tudo se normalizar.

Com idade entre 7 e 14 anos, os meninos e meninas recebem aulas gratuitas de voleibol nas cidades de Betim, Contagem, Ibirité, Vespasiano, Ribeirão das Neves, Ouro Preto e Barão de Cocais, além de Sete Lagoas, onde o projeto é realizado em parceria com o Unifemm. E durante o período de isolamento social, os professores têm mantido o trabalho de forma remota, dentro das possibilidades de cada realidade, para evitar que haja um afastamento total dos projetos e alunos.

Segundo Flávio Pereira, o encontro foi realizado para permitir uma troca entre os núcleos do projeto. “Nossa ideia era proporcionar um intercâmbio entre os professores para que eles apresentassem as iniciativas adotadas para manter a chama acesa entre os alunos. Além disso, deixamos a nossa mensagem de esperança e, mesmo sabendo que ainda estamos distantes das atividades presenciais, queremos que todos estejam prontos para retomar o nosso trabalho social, que há mais de 10 anos é referência no Brasil”, disse o diretor esportivo do clube celeste.

Para Antonio Carlos, coordenador do projeto Sada Vôlei, o encontro foi muito positivo. “O objetivo da reunião era trazer um espaço para eles contarem as suas experiências com os alunos de cada núcleo. Dentro do possível, eles estão mantendo o trabalho remoto por redes sociais e atividades escritas para não permitir um distanciamento ainda maior. E foi importante dizer para eles se manterem firmes porque o proposito é a continuidade de todos os projetos quando tudo passar”, concluiu.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário