Intuito é conscientizar motoristas e transformá-los em multiplicadores

estradas.com.br

Reduzir o número de acidentes numa rodovia é um trabalho de sensibilização que ocorre não apenas via campanhas e avisos nos painéis de mensagens. É preciso transformar todos os usuários em agentes de conscientização, e isso é o foco do “Projeto Rodopiando” da concessionária responsável pelo Rodoanel Mário Covas (SP-021), que tem apoio da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

De acordo com a empresa, nos últimos dias o projeto visitou as empresas Transzero e Brazul, no ABC Paulista. Em ambas, a equipe multidisciplinar formada por profissionais de ouvidoria, gestão de tráfego e área da saúde, abordou não só os cuidados de segurança viária, como também ofereceu triagem básica de saúde a mais de 80 participantes, inclusive com medição do índice de massa corpórea, pressão arterial, teste de acuidade visual e glicemia.

Rodovirtua

Os participantes ainda experimentaram o Rodovirtua, óculos de realidade virtual da Artesp que proporciona ao motorista vivenciar situações de risco ao volante, como: dirigir sob efeitos do álcool, usar o celular ao volante, fazer uma ultrapassagem perigosa, ou atravessar vias em locais proibidos.

Segundo o diretor-executivo da concessionária, Marcos Fonseca, o projeto tem um alcance que vai além da medida educacional: “Queremos compartilhar o conhecimento prático e teórico que temos sobre direção segura com nossos usuários. Muitas vezes os acidentes nas rodovias estão ligados à imprudência dos motoristas, que desrespeitam a sinalização, por isso, levamos nossa experiência para dentro das empresas, como medida preventiva para um trânsito melhor”.

Nos últimos dois anos, enquanto o fluxo de veículos nos trechos sob concessão da empresa registrou um aumento de 3,6%, o número de acidentes fatais no mesmo período teve redução de 5%.

https://estradas.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário